Eu acho sensacional conferir histórias como essas do lutador Toquinho, o cara sempre teve uma vida sofrida, começou a trabalhar com 7 anos, sempre esteve envolvido em trabalhos braçais e envolto a muito sacrifício para conseguir ter o que comer, trabalhou na roça, como catador de lixo até que encontrou um espaço no esporte, mais propriamente no Jiu-jitsu.

Sensacional a humildade do rapaz, passa um ar de pessoa de bom coração. Bela história de vida Toquinho.

E depois dizem que o esporte não transforma vidas, hein?!?

Dica do usuário Hudyson, por email