Mano do céu, que triste ser um pinguim corno! UHASUHsaUHsauhsaUAS…

O cara sai de casa, quando volta tem outro com sua fêmea, os dois partem pra porrada, o corno vei apanha, sua esposa vai pro lado do amante, o corno vei insiste, apanha de novo, a fêmea volta a ficar com o amante ricardão e o corno vei vai pra casa todo esfolado e sangrando com o rabinho entre as pernas.

Na próxima vida eu não quero ser um pinguim macho, mas se for, quero ser um forte e se não for forte vou querer morrer solteiro.