dansoares

15842 Postagens 287 COMENTÁRIOS
Editor Chefe - Economista, casado, pai de 3 filhos lindos, amante de tecnologia, humor, boa comida e da velha e boa cerveja. Um dos poucos brasileiros apaixonado por internet que nunca comprou um produto Apple, que dorme e acorda cedo e não assiste séries!

O vídeo de um DJ tocando na traseira de um carro anda fazendo sucesso pelo Facebook. O DJ, sem camisa e basicamente controlando um teclado, exibe vários clássicos com mixagens próprias e feitas na cara do freguês.

Embora o nome do DJ tenha sido massivamente repetido ao longo do vídeo, é impossível entender seu nome. O mais próximo que conseguimos entender foi “DJ Big and Jor”, mas dificilmente deva ser esse. Piadistas da internet estão o chamando David Gueto, uma espécie de David Guetta mais simplão.

Eu não curto o estilo musical, mas reconheço que o cara tem talento.

Antes de qualquer coisa, Yoshihiko é um boneco!

É como costumo dizer, o que os japoneses têm de inteligente, eles têm de malucos. Confiram os melhores momentos da luta de wrestler entre o curioso Yoshihiko e seu desafiante Kota Ibushi ocorrida em 2009. Sério, eu ainda não estou acreditando no que assisti.! :)

Esse é Bailey Matthews, um garotinho de 8 anos que nasceu prematuro e acabou desenvolvendo uma paralisia cerebral (PC) que limita parte de seus movimentos. Quem é pai de uma criança com PC sabe o tamanho da dificuldade que elas possuem para fazer coisas que seriam extremamente bobas, como conseguir se alimentar sozinho, essa limitação as vezes acaba afastando a criança de certas atividades, porque a criança ou seus pais não querem se frustrar por não conseguir concluir determinado objetivo.

Pois bem, essa é mais uma daquelas histórias para você parar de reclamar, correr pra cima e escolher ser feliz. Mesmo com sua condição trabalhando contra, Bailey não apenas se inscreveu em uma prova de triátlon onde teria que nadar 100 metros, pedalar 4 km e correr outros 1,3 km. Ele se inscreveu, COMPLETOU a prova e nos últimos 100 metros da corrida (última prova do triátlon) Bailey largou o equipamento que lhe auxiliava na corrida (um andador) e saiu correndo em direção a linha de chegada, mesmo caindo duas vezes, ele levantou e cruzou a linha de chegada sendo ovacionado pelos presentes.

O pai, Jonathan Matthews, costumava participar de provas de triátlon e sempre levava Bailey para acompanhar, dai vem toda inspiração do garotinho.

Pneuzinho é bondade, seria um pneuzão, mais especificamente de um carro de drifting.

Pois é, o vídeo não tem relação alguma com beleza, na verdade trata-se de uma fiscal de pista em uma prova de drifting em Karpacz, Polônia, que acabou sendo atingida por um pneu que escapou de um dos carros. Desatenta a fiscal acabou sendo atingida e fora o susto masgistral ela ainda teve uma lesão na lombar.

PENSE NUMA (complete a frase)

Enquanto isso, durante uma cerimônia de casamento, é chegada a hora da noiva jogar o buquê, objeto de cobiça das mulheres presentes, algumas são capazes de fazer de tudo para pegar o pequeno ornamento, chegando a ponto de esquecer até mesmo o que estão segurando.

As imagens foram registras por um cinegrafista amador na avenida Tiradentes, em São Paulo, e mostra alguns veículos que haviam saído em comboio do Batalhão Tobias de Aguiar, no centro. Seria apenas mais um patrulhamento de rotina se não fosse por um caso isolado, uma das viaturas ao fazer um zig-zag (a princípio sem nenhum motivo aparente) perdeu o controle e acabou tombando.

De acordo com descritivo do vídeo no Youtube, um sargento foi socorrido em estado grave com suspeita de traumatismo craniano, um cabo ficou ferido no braço e outros dois não foram feridos.

Parece brincadeira, mas é vida real no Brasil.

O professor Dawson Tamatea, de 55 anos, lecionava matemática e educação física na escola secundária de Palmerston North Boys’ High School, Manawatu, Nova Zelândia, mas acabou falecendo durante o sono. Tamatea trabalhou na escola por 30 anos e acabou cativando a amizade de uma imensa quantidade de alunos que diante da inesperada partida do professor, resolveram prestar uma última homenagem. Centenas de alunos compareceram ao cemitério e realizaram a Haka – uma típicas do povo Maori que demonstra a paixão, o vigor masculino e a identificação com a raça. É usada tanto para dar boas vindas a visitantes quanto de tribos inimigas.

Você não sabe quem é esse professor, mas irá se emocionar com a homenagem, aposto!

Enquanto isso, durante o jogo de tênis entre Djokovic e Federer o apresentador da ESPN resolveu citar o nome de alguns usuários que interagiam com o programa através do Twitter, mas só instantes depois que ele agradeceu a mensagem da usuária Paula Nabussa que ele se ligou da cacofonia (pau lá na bu..) e admitiu ter caído na pegadinha.

O problema é que na verdade, não era pegadinha, a cacofonia na verdade existe, mas esse é realmente o nome da usuária @paulanab2s que logo depois pronunciou-se novamente dizendo não ter feito nenhuma brincadeira, que esse era realmente o nome dela e até pediu desculpas pelo constrangimento.

Confira.