Esporte

Meus amigos, simplesmente impressionante a habilidade e o equilíbrio que essa garota consegue desempenhar em cima de sua bicicleta. Sério, chega a ser surreal!

Clique mais que recomendado.

Para quem está de fora uma invenção como Radicross, uma espécie de cadeira motorizada misturada com motocross, pode parecer algo relativamente bobo, mas a quantidade de oportunidades que são criadas para quem é cadeirante, é enorme.

Ao contrário do que dizem, o cadeirante não está preso a cadeira de rodas, pelo contrário, a cadeira de rodas liberta. Agora imagine o tamanho da liberdade que não é criada com esse equipamento?!

Ponto para inclusão. Parabéns aos envolvidos

E mais uma vez eu fui surpreendido. Eu já muitos vídeos de parkour e algumas provas corridas com obstáculos dos Jogos Militares, mas a forma como esses três elementos subiram esse muro foi no mínimo ninja.

Assista e depois me diga se não tenho razão.

A mulher corre 9.995 metros e quando está a apenas 5 metros de cruzar a linha de chegada da prova final de 10 km feminina do Mundial de Atletismo de Pequim, ela diminui o ritmo, levanta os braços para comemorar e perde a medalha.

Pois é, isso ocorreu com a norte-americana Molly Huddle que estava comemorando o terceiro lugar, o bronze em um mundial, quando no finalzinho resolveu comemorar e foi ultrapassada pela compatriota Emily Infeld.

A cara de descontentamento após perceber que tinha perdido a medalha = cara de peidei.

Usain Bolt garantiu o ouro nos 200 metros rasos no Mundial de Atletismo, em Pequim, com tempo de 19.55 segundos, vencendo com relativa folga mas o que roubou a cena foi a cena proporcionado pelo cinegrafista chinês que acompanhava Bolt em cima de um segway e acabou desequilibrando ao passar por uma pequeno batente e literalmente deu uma rasteira no atleta, isso, Usain Bolt foi atropelado.

Clicando aqui você confere como foi a corrida e a ação do cinegrafista trapalhão.

A cena lamentável ocorreu entre os times de futsal Veneza e Montenegro em disputa válida pela semifinal do campeonato acreano de futsal. O lance ocorreu já no segundo tempo quando a jogadora do Veneza, Leandra, empurrou a jogadora Monique, do Montenegro, que foi ao chão. Não satisfeita em ter derrubado a adversário ela voltou e acertou um chute de peito de pé com toda força no pescoço da rival.

Mais um compilado de vídeos, dessa vez com vídeos épicos na série “people are awesome” com tiros e arremessos perfeitos.

Porque nem só de desgraça vive a internet! :)

A imagem de uma garota, Zélia Pamplona, aplicando uma chave de pernas em um rapaz sem camisa ganhou projeção na internet essa semana. A confusão ocorreu na cidade de Belém, e teria começado após alguém ter provocado a garota, o namorado (o dito cidadão sem camisa) não gostou e começou uma discussão. Para evitar que a confusão terminasse em briga, a garota resolveu imobilizar o namorado com uma bela chave de pernas.

Situação no mínimo inusitada, não?

SOCIAL