Tecnologia

Ao contrário do que a gente imaginava quando era criança que os carros do futuro seriam super espaçosos, potentes, repleto de ítens eletrônicos e quando não, que seriam capazes até de voar.

Pois bem, ao que me parece o futuro prepara algo mais, digamos, conservador. Partindo desse protótipo, o EO 2, a única coisa que acertamos ao imaginar como seria o carro do futuro é que seriam repletos de ítens eletrônicos, porque espaçosos, potentes e capazes de voar, pelo visto não é bem assim. A ideia principal é o aproveitamento de espaço e a preocupação com o trânsito onde os carros seriam capazes de se interligar. enfim, veja o vídeo e entenderá.

Você já imaginou algo que lhe acompanha onde quer que você vá sem que precise você fazer nenhum comando?

Pois é… nós não estamos falando de um cachorro, estamos falando da Lily Camera, um aparelhinho que tem cara de drone, voa como um drone, mas é muito mais que um drone. Primeiro que você não utiliza nenhum controle para fazer funcionar, basta que você o jogue para cima e pronto, ele já está funcionando.

– Mas Daniel, e ai? Ele fica parado?

Negativo, ai que entra a parte interessante. A Lily Camera irá lhe acompanhar por onde você for, detalhe, filmando você em FullHD (1080p e 60fps) e tirando fotos de 12 MP. Basicamente o usuário carrega consigo um sensor que fará que o drone o acompanhe e mantenha sempre o foco em você, dessa forma suas voltinha de skate, bike, jetsky ou seja lá qual atividade que você precise utilizar as duas mãos poderão ser registradas com qualidade praticamente cinematográficas.

Genial, não?

Aaahh… ele também é a prova d’água.


O vídeo de uma mulher ensinando como fiscalizar o WhatsApp do marido sem que ele soubesse ganhou destaque pela internet na semana passada. Na verdade, o que ela ensina é como usar a função web disponível em web.whatsapp.com.br (funciona no Chrome) onde a pessoa pode acompanhar seu app pelo navegador do desktop, por exemplo.

Mas resumindo… a casa pode cair pra muita gente (tanto para maridos como esposas).

Só que ao contrário do que a usuária ensina no vídeo, o parceiro tanto tem o poder de desabilitar remotamente o aplicativo web como pode saber quando e que horas alguém andou “futricando” seu WhatsApp pelo computador.

Assista os vídeos que você entenderá melhor.

Não sei quanto a vocês, mas emergia magnética sempre despertou meu interesse e atenção, imaginem agora depois de ver o equipamento fundo de quintal que esse cara montou utilizando energia magnética.

Não sou nenhum engenheiro para explicar fielmente como funciona o equipamento, mas o que pode-se perceber é que há forças magnéticas de atração e repulsão que fazem o cilindro girar de forma ininterrupta, e a rotação desse eixo acaba por gerar energia para fazer funcionar diversos equipamentos.

A pergunta é: Como algo tão simples nunca foi apresentado ao mundo em larga escala? A princípio seria simples fazer uma casa inteira funcionar apenas com equipamentos como esse.

Quem tiver mais informações sobre esse projeto, por favor, enriqueça-nos pelos comentários.

Uma pequena mala que você pode colocar no compartimento de bagagem acima das poltronas do avião ou mesmo uma “mega-mala” que mais parece um baú que pode até ser utilizada como móvel, esse é o Fugu Luggage, uma mala que teve seu projeto financiado pelo Kickstarter e você já pode fazer a pre-order no site do fabricante.

Muito boa a ideia, mas fica só a dúvida do espaço internet na hora que a mala estiver “contraída”.

Não tem como, pensou em edição de imagem, você pensa em photoshop, é como se fosse sinônimo, photoshop está para edição de imagem assim como xerox está para copiadoras.

Pois bem, nesse vídeo alguns mestres atuais do photoshop foram apresentados a versão de lançamento do programa, a 1.0. No vídeo vocês poderão conferir a reação deles. :)

A título de curiosidade, o vídeo foi publicado no último dia 12 e já conta mais de 1,35 milhão de visualizações.

Esse cara desenvolveu uma técnica fantástica de criar stopmotions usando folhas de projetores com desenhos e um celular. O resultado é perfeito, você tem a impressão que seus personagens fazem realmente parte do mundo real.

Para quem não viu as primeira versões, clique aqui para ver o Aug(de)mented Reality 1 e aqui para ver o Aug(de)mented Reality 2.

SOCIAL

226,994FãsCurta
4,924SeguidoresSiga
12,441SeguidoresSiga
58,475InscritosInscreva-se