Uma cena inusitada marcou um dos confrontos da Copa Davis de Tênis. O jovem tenista da equipe britânica, Denis Shapovalov, acabou eliminado por um gesto impensado. O lance ocorreu logo após o tenista perder um ponto e resolver isolar uma bola para descarregar seu descontentamento.

O resultado?

A danada da bolinha foi mesmo o olho esquerdo do árbitro e como consequência o tenista acabou sendo eliminado da Copa Davis.

Após a partida o tenista mostrou-se arrependido e se desculpou dizendo que tenha de pedir desculpa ao árbitro e a todos os juízes de linha, que seu comportamento foi inaceitável e que se sentia muito envergonhado e jamais voltaria a fazer uma coisa destas. Completou dizendo que se sentia muito envergonhado, constrangido e péssimo por ter decepcionado seu time e seu país.

Sabe o que eu fiquei pensando? Não me saiu da cabeça o barulhinho “PLOFF” que a bolinha não deve ter feito quando bateu no árbitro.

Pense numa cebolada!