A proposta é a seguinte, o quebra-molas na verdade “arma” e “desarma” dependendo da velocidade que o veículo esteja. Por exemplo, caso o veículo esteja a 80 km/h, velocidade esta identificada por radares, o quebra-molas permanece ativado, ou seja, elevado, mas caso o veículo reduza a velocidade, o quebra-molas automaticamente se alinha ao solo. Tal estratégia faz com que os condutores acabem andando em velocidade reduzida para evitar passar pelas lombadas. (assista o vídeo que entenderás)

Não sei ao certo na prática como é a ideia, mas assim, analisando por vídeo, me parece algo bem interessante.